Destaques

terça-feira, 14 de junho de 2016

Prison Break: Em Busca da Verdade


Sabe quando você fica viciada(o) em alguma coisa e não para de fazer/comer/assistir/sei lá? Entãaaao, isso acontece quando as pessoas inventam de assistir essa série MARAVILHOOOOSA! A série é muito emocionante, fora que eu amoooooo o ator Wentworth Miller - que interpreta Michael Scofield na série. Sou uma pessoa suspeita para falar de Prison Break, essa é, com toda certeza desse mundo, a melhor série da vidaaaaaaa.


SOBRE
Pra quem nunca ouviu falar de Prison Break, essa é uma série de TV americana, foi transmitida pela FOX de 2005 até 2009, contando com 4 temporadas e um longa-metragem.
A série gira em torno de Michael Scofield, um cara gênio, que se preocupa mais com os outros do que com ele mesmo. Quando viu o seu irmão, Lincoln Burrows, ser preso, acusado de matar o irmão da vice-presidente dos EUA, e condenado à cadeira elétrica (sendo que Lincoln é inocente), Michael se desespera e arma um plano para libertar o irmão com apenas 3 meses para a execução do mesmo: ele elabora um plano de fuga quase impossível. Michael é engenheiro estrutural e trabalhou na mesma empresa que projetou a penitenciária Fox River, por ter acesso as plantas da prisão, ele tatua em todo o corpo seu plano para fugir do lugar, levando seu irmão. Michael bola um plano para ser preso, e consegue o que quer, mas lá dentro da prisão ele se depara com muitas dificuldades e vai tendo que encontrar maneiras diferentes de colocar seu plano em prática. Eu tenho muitas palavras-chave para essa série: tenso, emoção, temáticas da justiça, amor, liberdade, família, perdão, esperança e fé.



 Assistir Prison Break nos leva à muitas reflexões. Michael tem que incluir na fuga outros prisioneiros que acabaram descobrindo o plano, dentre eles: um assassino e pedófilo; um ex-soldado do exército americano que por escolhas erradas acabou sendo incriminado; um chefão da máfia; um cara bom, preso por uma decisão ruim de roubar; um moleque que já começou errado na vida e vai parar na prisão, etc. Uns totalmente culpados, já outros soam mais como vítimas. Ai surgem as perguntas: Quem merece fugir? Quem é justo e quem não é? Quem merece uma segunda chance? O que fazer quando entidades da lei não são mais opções de justiça, mas são agentes de injustiça? A ideia de todo um Governo estar corrompido, daqueles que estão lá para proteger e guardar a lei em favor dos fracos e impotentes terem se vendido à ganância nos faz pensar: em quem podemos confiar quando a polícia está lá para te ferrar? Em quem podemos confiar quando o juiz está lá para te condenar em troca de alguns milhões a mais na conta? Em quem confiar quando tudo o que lhe resta é quem se importa e está do seu lado? Eis a questão! Os irmãos Michael Scofield e Lincoln Burrows provam em cada episódio que só o que importa é a família, o bem mais precioso desse mundo. Michael é um exemplo disso, se desfez de tudo, de toda glória, conforto, sucesso, para se meter em uma prisão onde aquele que ele tanto ama está. Tudo para livrar seu irmão inocente da morte e dar liberdade!
Porém, os fugitivos vão descobrir que fugir não é algo que pode durar. Ou você é livre, ou mesmo não estando atrás das grades, ainda assim é um cara preso!


Eu AMO essa série, AMO a interpretação dos personagens, AMO Scofield, Lincoln, Sara, Veronica e etc... haushaus AMO TUDO NESSA SÉRIE, menos os injustos, claro.
E sabe o que percebi agora? Que estou atrasada, tenho que ir correndo assistir mais um episódio dessa COISA MARAVILHOSA DA MINHA VIDA! Até logo meus amores, xoxo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...