Destaques

terça-feira, 29 de novembro de 2016

SOMOS TODOS CHAPE!


 Na madrugada desta segunda-feira, o avião que transportava o clube de futebol brasileiro da cidade de Chapecó-SC, Associação Chapecoense de Futebol, conhecido também como Chape, Verdão do Oeste, Furacão do Oeste ou ChapeTerror, caiu. O avião do acidente é um Avro Regional Jet 85, da companhia LaMia, venezuelana de origem que opera na Bolívia. Ele saiu de Santa Cruz de la Sierra, na Bolívia e se dirigia a Medellín, na Colômbia, onde o time iria disputar, nesta quarta-feira 30/11/2016,  a primeira partida da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional. A companhia frequentemente transporta equipes de futebol, e essa não foi a primeira vez que transportava a Chapecoense. Havia 81 pessoas a bordo, sendo 72 passageiros e 9 tripulantes: 48 eram da delegação da Chapecoense, 21 eram jornalistas e três convidados. Segundo informações oficiais da Aeronáutica colombiana, 75 pessoas morreram, e seis foram resgatadas com vida até o momento, entre eles três jogadores, Alan Ruschel (lateral esquerdo), Jackson Ragnar Follman (Goleiro) e Helio Zampier Neto (Zagueiro), a comissária de voo Ximena Suárez, o técnico da aeronave Erwin Tumiri e o jornalista Rafael Hensel
O Chape era uma equipe humilde e muito unida que, finalmente, vivia seu momento de glória. A Associação Chapecoense de Futebol foi fundada em maio de 1973 com a idéia de reviver o futebol na cidade de Chapecó, no oeste catarinense. Seu nome ganhou protagonismo neste ano ao chegar à final da Copa Sul-Americana, após deixar pelo caminho equipes tradicionais, como o Independiente e o San Lorenzo, ambos da Argentina. A história da Chapecoense é de superação. Devido a problemas econômicos, o clube esteve a ponto de desaparecer. O Furacão do Oeste subiu para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro em 2014. Danilo Padilha, o goleiro titular, de 31 anos, um dos jogadores a bordo do avião acidentado, comentava recentemente numa entrevista a trajetória da Chape das categorias inferiores até a disputa de um inédito título continental. "É possível ser campeão. Ninguém acreditava que chegaríamos à final, e chegamos. Tudo pode acontecer." "No Brasileirão podemos ser no máximo o oitavo colocado, por isso agora estamos concentrados no título (da Sul-Americana), em entender o adversário. Vou me concentrar nisso", havia dito na véspera Caio Júnior, técnico da Chapecoense, time que tem entre seus destaques Cléber Santana, ex-jogador do Atlético de Madri e Mallorca.
O acidente da Chapecoense evoca outras tragédias similares sofridas por equipes de futebol. Em 1949, o avião no qual a equipe italiana do Torino voltava de um jogo em Lisboa caiu, matando 42 pessoas, entre elas quase todo o elenco. Onze anos depois, outro acidente envolveu a aeronave que levava o Manchester United de volta à Inglaterra após um jogo em Munique. Oito jogadores, dois dirigentes e o técnico morreram. Sobreviveram sete atletas, entre eles Bobby Charlton, lenda do United.
É um momento muito triste, muito sensível para todo mundo, várias mensagens de solidariedade estão circulando pela internet, procurando dar forças a todas as famílias das vítimas envolvidas e todos os torcedores desse grande time, que enfrentou muitas barreiras antes de chegar a final de uma Copa Sul-Americana, pela primeira vez eles estavam vivendo esse sonho. Aos sobreviventes, que tenham muita força para se recuperar, se reerguer novamente e superar a perda dos amigos, ninguém explica Deus! Aos familiares forças para superar a perda e conviver com a saudade que as vítimas já estão deixando e a todas as vítimas, que descansem em paz, o Céu está em festa, pois eram pessoas boas, guerreiras e sonhadoras, que lutou muito pra chegar onde chegaram. 
Hoje é um dia muito triste, sem gritos de gol, sem euforia, sem rivalidade, hoje o futebol não tem cor, não tem camisa e muito menos hino, o mundo inteiro está em luto e em oração. 

"Que essa seja a última imagem dos nossos guerreiros"


SOMOS TODOS CHAPE. LUTO!


fontes: http://brasil.elpais.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...